PROCESSO SELETIVO

Assistir à TV, escutar rádio, falar ao celular, conectar-se à internet. Tudo isso só é possível devido ao trabalho do engenheiro elétrico de telecomunicações que desenvolve, implanta e dá manutenção a redes de telecomunicações. Algumas dessas são conhecidas como comunicação via rádio AM, FM, ou então rádio de ondas curtas, rádio amador.

Este profissional cuida de cabeamentos aéreos e subterrâneos, satélites, fibra óptica, sinais digitais, centrais de transmissão, captação, codificação e retransmissão dos sinais que interligam pessoas e empresas em todo o mundo.

O engenheiro elétrico também cuida da infraestrutura de redes de comunicação, da internet móvel, cria projetos para transmissão de dados digitais por meio de cabos ópticos e satélites. Com tantas formas de comunicação e as novidades tecnológicas, o mercado de trabalho torna-se ainda mais amplo.

O profissional de Engenharia de Telecomunicações pode atuar em empresas de telecomunicações, de telefonia, provedores de acesso à internet, todas as empresas que usam voz, vídeo, dados, as empresas de rádio, emissoras de TV, tanto na capital quanto no interior.

Também encontra trabalho nas concessionárias de serviços de telecomunicações, de telefonia, de fibra óptica e de infraestrutura para sistemas de telecomunicações, além de indústria eletroeletrônica, nos órgãos reguladores das atividades de telecomunicação e nas empresas de pesquisa científica e tecnológica.

A FTC é a única faculdade privada que oferece o curso de Engenharia Elétrica com ênfase em Telecomunicações na Bahia. Com duração de cinco anos, o aluno sai preparado para operar ou gerenciar projetos de telecomunicações. A instituição oferece um curso moderno, disponibiliza laboratórios de circuitos eletroeletrônicos, de física e de informática, por exemplo, para completar a formação acadêmica.

Além de atividades práticas realizadas desde o primeiro semestre, o curso também promove visitas técnicas em empresas parceiras, possibilitando que o aluno tenha contato direto com o campo profissional. A iniciação profissional pode começar a partir do 4º semestre com estágios não obrigatórios.

Uma das vantagens do curso de Telecomunicações da FTC é o compartilhamento de 90% das disciplinas com o curso de Engenharia Elétrica da Automação. Com um diferencial de seis a oito disciplinas, o aluno FTC consegue mais uma atribuição em curto tempo.

A instituição oferece um curso moderno, disponibiliza laboratórios de circuitos eletroeletrônicos, de física e de informática, por exemplo, para completar a formação acadêmica.

Prof. Paschoal Molinari

  • Mestre em Engenharia Eletrônica e Computação pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica de São José dos Campos
  • Graduado em Engenharia Elétrica na área de Eletrônica pela Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Campus Paralela

FORMAS DE INGRESSO

Vestibular Tradicional

Vestibular Agendado

Transferência Externa

DESTAQUES ACADÊMICOS

Você está aqui: